Como a ficção científica imaginou os aparelhos tecnológicos que temos hoje!

Você já tentou imaginar o que pode existir daqui a alguns anos com o avanço da tecnologia? Já parou para pensar em coisas que ainda não existem mas que podem existir? Não seria legal poder pular o tempo para o futuro e ver se estamos certos? Bom, isso não é possível, mas dá para fazer algo tão legal quanto isso.

Que tal dar olhada em como as pessoas do passado achavam que seria o futuro? Ou seja, o nosso presente? Não dá para negar que a tecnologia tem melhorado e evoluído bastante, não é? Acho que é até mais difícil pensar em coisas que já não existem hoje em dia, mas já pensou que legal ver isso tudo nos olhos das pessoas do passado?

E nada melhor para saber o que eles pensavam do que belos filmes antigos de ficção científica, não é? Quer conhecer alguns exemplos? Vem, vai ser divertido!

O Smartphone

Você já ouviu falar na famosa série Star Trek, também conhecida por aqui como Jornada nas Estrelas? É, ela foi lançada nos anos 60 e quem já assistiu deve se lembrar que os personagens principais usavam um aparelhinho de bolso para se comunicar um com o outro quando estavam longe. Adivinha o que isso parecia? Exatamente, um smartphone! Sabe aqueles primeiros modelos que surgiram com o flip, a tampa que abria? Então, era exatamente assim! Interessante, não é?

Tablets com tela sensível ao toque

Outro gadget muito interessante que nós podemos ver em filmes antigos está presente em um sucesso da ficção científica. É o filme “2001: Uma Odisséia no Espaço”. Embora eles tenham errado em muitas coisas, principalmente sobre as viagens espaciais, tem algumas cenas que os personagens aparecem lendo notícias em um aparelho que parece muito com um tablet de tela grande. E ele passa as notícias com os dedos, como acontece nos aparelhos com tela sensível ao toque. Parece que acertaram nessa, não é? Ah, e o filme foi lançado em 1968!

Videochamada

Ah, agora vamos entrar em uma das sagas no cinema mais famosas do mundo: De Volta para o Futuro. Aqui nós temos vários exemplos de gadgets e coisas tecnológicas que eles imaginavam na época para nosso tempo, sabia? É, um deles é o sistema de vídeochamada. No filme, os personagens conversam em uma televisão, como uma videoconferência, algo que hoje em dia já é bastante comum, mesmo que mais em smartphones e em computadores. A coisa toda é bem diferente no filme, mas a ideia é basicamente a mesma, então vale, né?


GPS

Sabiam que em 1964, quando o agente mais famoso do cinema, James Bond, apareceu usando uma espécie de GPS no seu carro, todo mundo foi à loucura? É, na época isso parecia mesmo algo espetacular e o ápice da tecnologia. Bem, hoje em dia o GPS está presente em praticamente quase todos os celulares, não é? Olha só como as coisas mudam!


Fone sem fio

Outra tecnologia que hoje em dia já se tornou comum é a de fones de ouvido sem fio, não é? É só ter um aparelho com Bluetooth e adeus embolação de fio! Tem coisa melhor? Mas sabia que esse tipo de acessório também já foi imaginado pelas pessoas no passado? Um exemplo disso é o que acontece em um filme chamado “Fahrenheit 451”, de 1966. Nele, as pessoas aparecem em uma cena ouvindo a TV com uma espécie de fone sem fio, e olha, eles aqui pareceram acertar em cheio!

Assistente pessoais

Siri, Cortana, Google Voice, todas essas tecnologias servem como assistente digitais que nos ajudam a tornar as tarefas em nossos dispositivos mais práticas, não é? Mas imagina o que o pessoal do passado pensava disso? É, de novo no filme “2001: Uma Odisséia no Espaço”, nós podemos ver um pequeno robô que ajuda o protagonista em sua viagem, chamado de HAL 9000 e que se parece muito com esses assistentes digitais por conversar por voz.  Nesse caso a gente espera que a ficção não seja muito parecida com a realidade porque [spoiler alert de filme antigo] no fim do filme HAL se rebela e fica contra os humanos!

E aí, você consegue pensar em mais exemplos de gadgets que temos hoje em dia e que foram pensado em filmes antigos de ficção científica? Me conta aí nos comentários 😉