Veja como a tecnologia pode melhorar a qualidade de vida de família com caso de Alzheimer

Os casos de Alzheimer estão aumentando cada vez mais e quem tem uma pessoa com a doença na família sabe que o dia a dia não é fácil, mas que o carinho e cuidado podem ajudar bastante. Mas outra coisa que pode ajudar bastante é a tecnologia, viu?

No programa de sábado, 2 de setembro, o Missão Digital foi conhecer a história da Dona Maria Aparecida de Souza. Ela tem 72 anos e teve o diagnóstico confirmado de Alzheimer em outubro do ano passado. Ela ficou abalada com o diagnóstico, mas o bom é que ela tem uma grande família muito amorosa: quatro filhos, treze netos e nove bisnetos.

A Dona Maria mora com a filha Rosana, que não consegue ficar com a mãe o tempo todo porque precisa trabalhar. Por isso, a Silvana, sua outra filha e seu neto Leandro ajudam na hora de cuidar dela. Apesar da doença, ela gosta de sair, dançar e é uma pessoa muito alegre!

Para dar aquela ajuda para facilitar a rotina e os cuidados com a Dona Maria, o Missão Digital apresentou várias soluções digitais. Olha só quais foram:

Para trabalhar a memorização e o estímulo com exercícios cognitivos, ela usa o Jogo da Memória e, para trabalhar a concentração, ela joga caça palavras no aplicativo Palavra Guru.

Para ela não esquecer ninguém da família, os filhos escrevem os nomes dos familiares em fotos usando o Aviary e espelham na TV. E, pra editar os vídeos que os parentes mandam, foi usado o iMovie. Outra solução muito bacana foi o app Epson iLabel. Com ele, dá pra criar etiquetas muito úteis, que podem ser impressas na rotuladora que a Dona Maria também ganhou.

Além disso, ela pode falar com todo mundo, até com aqueles que moram longe através do ImoJá as filhas usam o Hubble, um aplicativo de monitoramento através de câmera de segurança, para saberem tudo o que está acontecendo em casa quando elas estão fora e podem garantir que a mãe está bem.

Linda essa história, né? E você pode conhecer melhor todos os produtos que a família ganhou clicando aqui! Agora, se você não conseguiu assistir o quadro ou quer rever a história, pode dar uma olhadinha aqui no site do GShow.