Uau! Uma sonda espacial acabou de fazer um pouso inédito em um cometa

uau-uma-sonda-espacial-acabou-de-fazer-um-pouso-inedito-em-um-cometa

Hoje é um dia histórico para a ciência, magalus! Pela primeira vez uma sonda espacial conseguiu pousar num cometa. Incrível, não é mesmo? Vem com a Lu que eu te conto tudo sobre esta experiência inédita!

Dez anos depois de ser lançada ao espaço, a sonda Rosetta finalmente liberou o módulo Philae nesta quarta-feira pela manhã. A missão deixou o mundo científico numa grande expectativa porque é considerada de extrema dificuldade. Já imaginou pousar em algo que está em movimento? Ai, até eu fiquei tensa com essa história! 🙂

Mas às 14h02 (horário de Brasília) veio a confirmação: o módulo Philae pousou com sucesso na superfície do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko (nomezinho complicado, né? Rs…).

Hora de aplicar a tecla SAP!

Existem diferentes formas de dar nome a um cometa. Um dos modelos é usar um número pra identificar o Astro seguido das letras C,P ou D. Que significam:

C – cometas com somente uma única aparição

P – cometas com múltiplas aparições

D – cometas de curto período considerados perdidos

O nome a seguir geralmente é o do programa detectou o cometa ou um apelido dado por quem fez a descoberta. Agora dá pra entender um pouco do porque de 67P/Churyumov-Gerasimenko, né?

Se você ficou curioso pra saber como foi o pouso, a Agência Espacial Européia (ESA, na sigla em inglês) fez um vídeo para simular o procedimento. Dá uma olhadinha pra entender melhor esta manobra histórica:

Com os dados da missão, os pesquisadores vão poder planejar novas missões no espaço e explorar lugares ainda pouco conhecidos!

Pra qual lugar do espaço você gostaria de viajar? Conta pra mim nos comentários!