Startup da Inglaterra cria campo de futebol que gera sua própria energia em comunidade carioca

startup-da-inglaterra-cria-campo-de-futebol-que-gera-sua-propria-energia-em-comunidade-carioca

Um campinho, alguns meninos jogando e a tarde indo embora em um por do sol. Esta cena deve se repetir centenas de vezes por aqui, o país do futebol, né? Só que um em especial, localizado no Morro da Mineira, no Rio de Janeiro, resolveu ser um pouquinho diferente: ele gera a própria energia para fazer funcionar os refletores. Como? Vem com a Lu que eu explico!

Na verdade, este campo de futebol auto sustentável é um experimento da uma startup inglesa chamada Pavegen. Olha só que legal, eles desenvolveram um sistema bem interessante.

Funciona assim: por baixo da grama sintética placas sensíveis ao movimento são acionadas a cada vez que um jogador pisa no chão. Daí, um pequeno campo elétrico é gerado e é armazenado em baterias próxima ao local. O projeto vai além: como a movimentação das partidas dá conta de abastecer apenas 50% da energia necessária, o restante é obtido através de painéis solares, instalados ao lado do campo.

Segundo os criadores do sistema, o preço para a montagem de outros campos ainda não é comercial, mas deve melhorar quando mais e mais experimentos como esses forem concluídos. Não é a primeira vez que a startup implementa este tipo de solução, que já abasteceu de energia uma das estações de trem de Londres durante as Olimpíadas de 2012.

Gente, que criativo né? Às vezes, as ideias mais simples são as melhores soluções!