Slack e Facebook at work: adeus ao e-mail?

slack-logo

Ele está por aí há 30 anos. Tem assinatura, pode carregar arquivos, vídeos e fotos. Resolve contratos. Fecha parcerias. Mata saudades. Enfim, o e-mail tem sido utilizado como ferramenta de trabalho e comunicação por todo lado, né? Só tem uma questão: se, no início, 100% das mensagens vinham de pessoas próximas, é cada vez mais comum você receber toneladas de e-mails vindos de máquinas, gente desconhecida e até mesmo… spams.

Como conciliar tanta informação com sua rotina de trabalho, sempre apertada? Algumas empresas, gente, têm ABOLIDO o uso de e-mails e trocado por ferramentas mais dedicadas, focadas e, mais do que tudo, que filtrem (ou até mesmo separem definitivamente) o mundo externo ao do trabalho.

Um bom exemplo é o Slack. Criado pelo mesmo empreendedor que desenvolveu o Flickr, o app tem feito um sucesso tremendo lá fora. Empresas como eBay, Sony, Yelp e NBCUniversal já trocaram gerenciadores de e-mails por ele. Ao todo, são mais de 125 mil pessoas usando o Slack por até 10 horas por dia.

O mais engraçado é que ele não foi pensado para ser um substituto do e-mail, mas um aplicativo de chat. Mas como ele é integrado aos serviços que todo mundo usa (Twitter, Dropbox etc) acabou funcionando para organizar equipes. Legal, né? Olha só o vídeo de lançamento, que bacana:

Outra empresa que está trabalhando em uma forma de simplificar os ambientes de trabalho e troca de e-mail é o Facebook. Na verdade, a ferramenta já existe e é utilizada atualmente pelos funcionários da rede social. Parece que não é muito diferente do que temos hoje em nossas timelines, viu? A mudança fica por conta da separação entre o mundo “lá de fora” e o “de dentro da empresa”. Pois é, enquanto a pessoa está usando o Facebook at Work ela não vê as postagens dos amigos e nem publica nada na timeline de uso pessoal.

 Essa novidade ainda não tem previsão de quando vai ser liberada para que outras companhias possam testar e usar no dia a dia, mas estou de olho e, assim que souber de mais notícias, venho correndo aqui contar para você. 😉

Agora fiquei curiosa: me conta sua relação com o e-mail? Você gosta ou acha que às vezes ele atrapalha?