Realidade Aumentada x Realidade Virtual: você sabe qual a diferença?

Oi, gente! Hoje eu vou falar de um tema muito bacana que é a diferença entre Realidade Virtual (VR) e Realidade Aumentada (AR). Como esses são conceitos que aparecem em filmes, jogos, smartphones e na tecnologia de maneira geral, vou te mostrar que é bem simples de entender. Olha só!

Você já jogou Pokémon GO? Esse é o melhor exemplo de Realidade Aumentada que existe. Com a câmera do seu smartphone, você consegue enxergar os monstrinhos de bolso apesar de eles não estarem fisicamente onde você tá apontando a câmera. Isso é o AR. Incrível, né?

Existem várias aplicações pra esses objetos inexistentes que são colocados no mundo por uma lente de câmera, como ver a decoração de um cômodo sem as coisas estarem lá, jogos projetados na mesa da sua casa e até alguns filtros do Snapchat. Tudo isso é Realidade Aumentada!

A Apple, por exemplo, tá apostando com tudo nessa tecnologia com os novos iPhone 8, iPhone 8 Plus e iPhone X que contam com um conjunto de câmeras totalmente novo pra uma experiência mais imersiva e também com o novo processador A11 Bionic.

Ah! Falando em experiência mais imersiva, isso tem tudo a ver com Realidade Virtual, já que nessa tecnologia, você é o objeto estranho em um mundo virtual. Diferente do AR, para usar a Realidade Virtual é necessário um óculos ou algo que te “transporte” pra outro mundo.

Algumas empresas já entregam experiências em VR com um óculos de Realidade Virtual. Com ele no seu rosto e de preferência com bons fones de ouvido, você consegue ter uma experiência imersiva e 360 graus do que é a Realidade Virtual, como no jogo Rock & Rails da Samsung para Gear VR. O PlayStation já tem a sua plataforma VR!

O mais bacana é que tanto o AR quanto o VR ainda prometem trazer muitas novidades pra quem ama jogos e tecnologia.

Viu como é fácil entender a diferença entre Realidade Virtua e Realidade Aumentada? Qualquer dúvida é só deixar o seu comentário pra mim aqui embaixo que eu te ajudo!