Pai cria centro de lançamento espacial para o filho

Quando você era criança sonhava com o espaço? Ficava imaginando viajar numa nave, conhecendo outros planetas? Ou até ser um dos astronautas da NASA, que criaram toda a tecnologia espacial do zero, impulsionando o homem à Lua?

Então, olha só que legal essa história que descobri. Existe um garoto, filho do Jeff High Smith, que chegou bem perto desse sonho. Jeff construiu com suas próprias mãos um centro de controle espacial completo.

Eu achei um show de criatividade, usando muitos controles que piscam, chaves que acionam sons, painel magnético para acompanhar o voo imaginário da também imaginária nave. Todos os botões são funcionais, com luzes de LED e efeitos sonoros inspirados nas missões reais do projeto Apollo. Realmente incrível!

Jeff diz que desde que ele e seus dois filhos frequentaram o Kennedy Space Center (o centro de visitação da NASA) passaram a gostar de brincar de “espaço”, fazendo contagens regressivas, correndo pela sala com suas naves espaciais. Então, o filho mais novo de Jeff passou a ir para a escola e precisava de uma mesa nova para estudar… E aí veio a ideia de fazer algo além do normal. Juntando todas suas habilidades ele conseguiu criar um misto de mesa de estudos com o Controle da Missão espacial. Uma ideia genial!

Smith usou muita solda, madeira e criatividade. Juntou dois controladores baseados na plataforma Android, o Arduino e Raspberry Pi para fazer toda a programação funcionar, muitos fios e muita, mas muito trabalho e paciência.

Além da parte física da mesa, Jeff usou imagens e sons originais das missões da NASA para dar ainda mais realismo à brincadeira, inclusive um tablet como “tela” do controle.

Pelo vídeo abaixo, em inglês, você pode ter uma ideia de como foi o trabalho executado, mesmo que não entenda o idioma:

Mas não pense que tudo é festa, porque as crianças só podem brincar de espaço depois que estudarem. Vou dizer: um incentivo e tanto para os estudos, não é?

E você? Já fez ou pensa em fazer algo extra para seus filhos estudarem melhor? Comente!