Office 2016: Microsoft libera primeira versão pública de testes

office-2016-microsoft-libera-primeira-versao-publica-de-testes-2

Lembra que eu comentei outro dia aqui no blog sobre a prévia do Office 2016 para Windows, que a Microsoft tinha apresentado na sua conferência anual para clientes? Então, a boa notícia é que a empresa acaba de liberar a primeira versão pública de testes do programa. Ebaa!

Olha só que legal, o novo Office 2016 chega com foco na nuvem, ou seja, a integração com o OneDrive é uma das principais atrações do serviço, já que agora é possível editar e salvar documentos diretamente no servidor da Microsoft.

Outra coisa, a anexação de arquivos no Outlook, por meio do serviço em nuvem, também ficou mais fácil, e agora, você envia documentos de até 10GB. Legal, hein?!

E tem mais! No Word 2016 será possível editar arquivos em tempo real nos aplicativos desktop do Office, assim como já é feito hoje em dia no Google Drive ou Office Online, sabe?

office-2016-microsoft-libera-primeira-versao-publica-de-testes-1

E não para por aí! Como a ideia da Microsoft é fazer com que o Office fique cada vez mais produtivo para seu usuário, a empresa traz alguns novos recursos, como a ferramenta Tell Me, que mostra os comandos de que você precisa quando você digita o que quer fazer. Show!

Outra função chamada Clutter ajuda a filtrar os seus e-mails, ou seja, ele separa e vai colocando em pastinhas entre o que é importante e o que não é. Adorei isso!

E o recurso Insights usa o sistema de busca Bing para encontrar a informação exata dentro de um texto que você está lendo, por exemplo. É uma forma de melhorar a experiência de leitura das pessoas, né?

office-2016-microsoft-libera-primeira-versao-publica-de-testes

Gostou das novidades? Se você deseja testar o Office 2016 Preview, é fácil! É só baixar diretamente no site da Microsoft  – que ele vai funcionar de forma gratuita até que a versão final seja lançada, o que deve acontecer até o final deste ano. 😉

Ahh! E uma dica, antes de baixar a nova versão, é necessário desinstalar as versões anteriores do pacote de produtividade, ok?

E aí, o que você achou dessa novidade da Microsoft? Conta pra mim!