Neutralidade de rede: tá todo mundo falando sobre isso. Entenda o que é!

Oi, gente! Eu vou falar agora de um assunto bem sério, mas que é bem fácil de entender. Você sabe o que é neutralidade de rede? Isso significa que quando você paga por uma internet de banda larga, independente do que você consome, você vai ter acesso a todo tipo de conteúdo, sem problema.

Mas no final de 2017, nos Estados Unidos, a Comissão Federal de Comunicações do país entendeu que a internet não é um serviço público e que os provedores de internet não são obrigados a tratar todos os dados da rede de maneira igual. Isso significa que um usuário que só acessa o Facebook pode acabar pagando uma taxa diferente de quem usa o computador só pra ver Netflix ou vídeo no YouTube, o que transformaria a internet em algo parecido com a TV à cabo, onde você precisa pagar pacotes diferentes para acessos diferentes, entendeu?

Por enquanto, o fim da neutralidade de rede nos EUA precisa passar pelo Congresso americano pra derrubar as regras aprovadas em 2015 por Barack Obama ou não.

Aqui no Brasil, o que poderia acontecer seria a reabertura da discussão do Marco Civil da Internet, pois ele já garante a neutralidade da nossa rede e, mesmo que uma operadora decida que você possa ter acesso a um serviço “gratuitamente” ao contratar os serviços dela, isso não infringe as leis do Marco, o que é bem bacana 😉

Ou seja, pode ficar tranquilo que aqui no Brasil, como em vários outros países, o entendimento é que a internet pode ser usada como quiser, independente se for pra mexer nas redes sociais ou ver streaming o dia todo!

O que você acha da discussão da neutralidade de rede? Qual a sua opinião? Me conta!