Mais Vívida: seja um anjo na vida de alguém e ajude a espalhar o bem!

Oi, gente! Essa época de distanciamento social é muito necessária agora, porque temos que fazer de tudo pra evitar que o coronavírus se espalhe, tá? Mas o isolamento às vezes não é fácil, principalmente pra quem tá no grupo de risco, que precisa ficar ainda mais atento a essas medidas de seguranças.

Por isso é sempre bom contarmos com formas de ajudar essas pessoas, nem que seja apenas com uma atenção extra ou um tempo pra conversar. Isso pode mudar o dia de alguém, sabia?

O Mais Vívida pensou nisso e estão disponibilizando de forma gratuita uma iniciativa com voluntários pra ajudar a dar atenção a essas pessoas mesmo de longe. Quer saber mais?

Anjos sob demanda

Os Anjos são como eles chamam os voluntários que estão dispostos a fazer o bem pelo próximo. Através do portal Mais Vívida você pode se voluntariar e se tornar um anjo, e então pode oferecer seu tempo e seu cuidado pra conversar com pessoas que estão passando por essa fase de isolamento, principalmente os idosos.

Dá pra ser por uma ligação, ou por mensagens, ou até mesmo videochamadas que ajudam a passar o tempo e fazem com que eles se distraiam um pouco. Isso é tão bom!

Dá pra ajudar também fazendo entregas de compras e de medicamentos caso eles precisem e até podem ajudar as pessoas que não têm muito contato com smartphones e tecnologia a aprender a usar serviços de delivery. Olha só que legal!

Como participar?

É só entrar no site, clicando aqui. Lá você pode fazer o seu pedido de ajuda ou se voluntariar pra ajudar.

Se você precisa de ajuda ou vai fazer um pedido para alguém que você conheça, é só preencher esse formulário. Caso você queira ajudar o próximo, é só preencher esse formulário

Eles também oferecem um arquivo pra você baixar e escrever seus dados pra criar um cartaz e poder colar no seu prédio ou até enviar pra casa de vizinhos, bem legal, né?

E aí, conhece alguém que precisa de ajuda ou que adoraria ajudar o próximo nesse período? Então marca aqui e vamos espalhar o bem! 😉