Londres ganha cabines telefônicas movidas a energia solar

Londres-ganha-cabines-telefonicas-movidas-a-energia-solar-1

Gente, eu adoro essas iniciativas que valorizam a sustentabilidade e o nosso querido meio ambiente. E hoje vou contar sobre uma proposta muito bacana criada em Londres, na Inglaterra, e que serve de modelo para muitas cidades. Quer saber mais? Vem com a Lu, que eu conto tudo!

Assim como a nossa São Paulo, a cidade de Londres é hoje dominada pela flexibilidade e o conforto de smartphones e tablets nas comunicações. E assim como os nossos orelhões, que quase já não são mais usados, por conta dessas facilidades todas, as famosas cabines vermelhas londrinas ficaram meio abandonadas nos últimos 15 anos, sabe?

Londres-ganha-cabines-telefonicas-movidas-a-energia-solar-2

Agora você imagine o desafio: como reintroduzir essas cabines com uma função prática em um mundo mais móvel e conectado? E é exatamente essa a proposta da Solarbox, uma organização que promove a transformação das cabines britânicas em fonte de energia solar para recarregar dispositivos eletrônicos. Legal, né?

A iniciativa dos jovens ingleses Kirsty Kennedy e Harold Craston foi inaugurada neste mês. Juntos, eles uniram o clássico ao contemporâneo para criar uma estação de recarga criativa, inovadora e ecofriendly, ou seja, com energia limpa e gratuita para a população usufruir sem peso na consciência. Incrível, né?!

A cor nova ganhou destaque por um bom motivo, amigo do meio ambiente: as cabines com placas solares que recarregam gadgets agora são verdes. Dentro delas vai ter também algumas telas para divulgação de anúncios, notícias ou quaisquer produção audiovisual. Adorei isso!

O projeto piloto, apoiado por uma bolsa de 5 mil libras  foi apresentado numa das ruas mais movimentas de Londres, a Tottenham Court Road, e já está sendo viabilizado para estar espalhado por outros pontos da cidade em 2015, por meio de ações da Prefeitura. Sensacional essa ideia, né, gente?!

Londres-ganha-cabines-telefonicas-movidas-a-energia-solar-3

Aqui entre nós, essa ideia poderia funcionar nas grandes cidades brasileiras, não acha? Os nossos orelhões já foram pintados de laranja, verde, roxo e até usados como plataformas artísticas, mas ainda não foram pensados como instrumentos de sustentabilidade. Fica dica! 😉 

E você, o que achou dessa iniciativa da Solarbox em Londres? Será que funcionaria aqui no Brasil? Conta pra mim!