Entenda o que é Inteligência Artificial e como ela já está muito presente no nosso dia a dia!

Oi, gente! Nós ouvimos falar em Inteligência Artificial hoje em dia cada vez mais, não é? Mas vocês sabem exatamente o que isso significa? Podem ficar tranquilos, nem tudo é como nos filmes. Mas a ideia básica é essa mesmo: a inteligência artificial é um ramo da ciência que faz com que computadores simulem a cognição humana.

O que é Inteligência Artificial?


Isso não quer dizer que inteligência artificial significa robôs androides andando por aí nos servindo ou armando planos para dominar o mundo, tá? Vamos com calma. O que isso quer dizer é que os computadores estão se tornando cada vez mais inteligentes. Eles são programados para escolher, entre várias opções pré-estabelecidas, qual é a mais ideal para cada situação. E cada vez que se adiciona mais opções de escolhas, mais inteligente ele se torna.

Dentro dessa área existem vários tipos de estudos. Na robótica, por exemplo, eles fazem experimentos que simulam os movimentos do corpo humano. Já na área de estudos da linguagem, o foco é simular à voz humana e assim facilitar nossa comunicação com eles. 

Mas ainda existem outras aplicações para a Inteligência Artificial, ou IA. Nos jogos de computador ela que é responsável pelos seus adversários que não são outros jogadores. Querem saber quais são os tipos de IA mais interessantes e presentes no nosso dia a dia? Vou mostrar alguns exemplos pra vocês.

Carros inteligentes


Olha só, é esperado que até 2025 os carros inteligentes se tornem uma realidade. Através da inteligência artificial eles vão poder se adequar aos seus donos, conhecendo seus hábitos e gostos. Por exemplo, o carro vai poder ajustar a temperatura do ar condicionado, as posições dos espelhos e até mesmo o rádio sozinho! Mas claro, ele vai muito mais além, até porque alguns já contam com esses recursos, não é?

Uma funcionalidade bem legal é que, quando o carro estiver precisando da troca de óleo, ele não vai apenas avisar ao motorista. Ele vai consultar a agenda dele, ligar para o posto favorito e fazer esse agendamento. Incrível, não é? Mas, ainda mais incrível, é que o carro inteligente vai poder andar sem motorista. Uau, já pensaram?

Reconhecimento Facial


Ah, esse tipo de IA já está no nosso dia a dia há algum tempo, não é? Ele é capaz de fazer um escaneamento do rosto de alguém e gravar esses detalhes para reconhecer sempre que o rosto estiver presente. Lembram do reconhecimento nas fotos do Facebook? Ou para destravar alguns smartphones, como o iPhone X?

Mas esse tipo de IA vai além de um simples uso para facilitar nossa vida. Ela é utilizada por agências de combate ao terrorismo e até a outros crimes para, através de câmeras de segurança, reconhecer pessoas que são procuradas pela justiça.

Reconhecimento de perfil

Outro uso bastante comum da Inteligência artificial: sabe quando você entra no Youtube e ele te indica vídeos parecidos com os que você já assistiu ou pesquisou? Ou quando o Spotify te sugere músicas do seu gosto? Então, é exatamente o que esse sistema de IA faz! Ele é capaz de gravar suas escolhas e a partir delas elaborar um perfil seu, com o padrão de coisas que você gosta. Assim fica mais fácil só dar dicas que realmente valem a pena.

Chatbots e assistentes virtuais


Você já entrou em algum site e precisou conversar digitalmente com um assistente virtual? Bom, então você fez uso de um sistema de Inteligência Artificial. Sim, ela é capaz de identificar o que você escreve no chat e gerar a resposta correta para aquilo.

É o mesmo que acontece com as assistentes virtuais das principais plataformas do mundo digital como a Alexa, ou o Google Assistente, ou a Siri, da Apple. Além de simular conversas, elas são capaz de enviar lembretes, de fazer tarefas e até agendar compromissos.

Robôs inteligentes (e fofos)

E por fim, como não podia deixar de falar, a IA está se tornando tão afiada que já tem até mesmo alguns robozinhos que ajudam em diversas tarefas. Um exemplo vivo disso é o Pillo, o pequeno robô que é focado em cuidar da saúde das pessoas ao seu redor. Ele é capaz de realizar um reconhecimento facial do rosto de alguém e através de dados já inseridos sobre essa pessoa, lhe oferecer remédios e vitaminas nas horas corretas e até oferecer informações sobre alimentação ou quando um dos remédios está acabando.

E aí? Sabia que a Inteligência Artificial estava presente em tudo isso? O que você acha que vem por aí? Não esquece de comentar 😉