Entenda mais sobre a Yellow Bike, que você pega e deixa em qualquer usando o app!

Oi gente, vocês sabiam que estamos na Semana da Mobilidade? Com o passar do tempo as formas de se movimentar e se deslocar nas grandes cidades vem mudando bastante, não é? E muitas dessas mudanças são muito bem vindas! E nesta semana eu não poderia deixar de falar com vocês sobre essa maravilhosa ideia de serviço de compartilhamento de bicicletas que começou a funcionar na cidade de São Paulo. Já está por dentro do assunto? Vem que eu vou te contar direitinho como funciona.

O que é esse serviço?

É bem simples. A ideia principal dessa iniciativa é deixar as bicicletas soltas em qualquer lugar da cidade, e não presas em locais específicos como já acontece com algumas. Ou seja, você pode encontrar uma bicicleta amarela em qualquer canto da cidade, pegar, ir até onde você quer e deixar lá mesmo para que alguma outra pessoa possa pegar. É bem legal, não é?

Qualquer um pode pegar a bicicleta?

Não, não é qualquer um que pode pegar a bicicleta. O serviço é pago e ele funciona através de um aplicativo que tem tanto para Android quando para iOS, tá? Isso impede que pessoas queiram pegar as bicicletas para vandalizar. Pelo aplicativo dá para travar e destravar a bicicleta, então sempre que você acabar de usar, tem que travar!

Ah, e o aplicativo também te mostra onde estão as bicicletas espalhadas pela cidade, assim você sabe se tem uma perto de você! Bem prático! Dá para fazer o download do aplicativo para Android aqui ou para iOS aqui 😉

Quanto custa?

Como eu disse, o serviço é pago, mas não se preocupe que ele não é caro não, tá? Você paga R$1 a cada 15 minutos de uso. Ou seja, se você usar ela por 1 hora, paga 4 reais. Dá para ir colocando crédito como se fosse em celular pré-pago, sabe? E faz tudo pelo aplicativo mesmo.

Criadores e medidas antifurto

O nome desse serviço é Yellow Bike, e por isso todas as bicicletas são amarelas! É, e para começar os criadores tiveram um investimento de R$50 milhões! Um deles é o Eduardo Musa, que é ex-presidente da tão famosa Caloi. Já teve uma bicicleta Caloi quando era pequeno ou sonhou com uma? Quem nunca? Os outros dois são Renato Freitas e Ariel Lambrecht e eles são também cofundadores do aplicativo 99 Taxi!

Por enquanto existem 500 bicicletas espalhadas na cidade, mas é porque eles estão primeiro fazendo um teste. Se tudo der certo esse número vai aumentar e até o fim do ano já vamos ter aí umas 20 mil bicicletas rodando. Parece muito legal, não é?

Você está por São Paulo? Já experimentou a Yellow Bike? Comenta aí sua experiência e marca os amigos que vão gostar da novidade 😉