Decifre os códigos da internet móvel

shutterstock_144526409

Gente, hoje passei aqui para explicar o que são aquelas letrinhas que aparecem ao lado da barra de sinal de seu celular quando você está usando a internet móvel para navegar ou tem algum app conectado. Você já viu, né? Essa letrinha pode ser “G”, “E”, “H” ou “H+”. Sabe o que elas significam? Essa é uma dúvida realmente constante, então vou explicar de uma forma simples. Vem com a Lu, vem!

A letra G

Ela simboliza a tecnologia GPRS, ou Serviço de Rádio de Pacote Geral, que é uma tecnologia que aumenta as taxas de transferência de dados nas redes GSM (Sistema Global para Comunicações Móveis, a primeira rede de transmissão de dados móveis totalmente digitais, o 2G) existente.

Esta tecnologia oferece uma velocidade de acesso cerca de 10 vezes maior que as tecnologias anteriores e foi criada pensando na eficiência e diminuição de custos de acesso. Digamos que é o tipo de acesso mais básico existente em seu celular.

A letra E

Faz referência a tecnologia EDGE (Enhanced Data Rates for GSM Evolution, ou Taxas de dados melhorada para evolução da GSM). Tecnicamente, é uma tecnologia de terceira geração, mas como não foi uma nova criação, geralmente é classificada como uma evolução das redes de segunda geração (GPRS). O EDGE apareceu nas redes móveis por volta de 2003, começando na América do Norte. O aumento da velocidade foi pouco, portanto se ver seu aparelho mudando de G para E, não espere tanta melhoria na velocidade.

A letra H

Mostra que seu aparelho acessou uma rede com a tecnologia HSPA ou o padrão HSDPA, ambos de alta velocidade. Elas evoluíram radicalmente a forma como acessamos dados móveis. Este tipo conexão atinge uma velocidade relativamente alta, com foco na melhoria das taxas de download, permitindo navegação mais fluida em acessos nos aparelhos móveis. Então se o H aparecer no seu celular, espere poder navegar na velocidade da luz!

O símbolo H+

Indica a tecnologia Evolved HSPA, ou seja, a evolução do HSPA. Este padrão de velocidade é o último passo das tecnologias de terceira geração em direção as de quarta geração, o famoso 4G. Aumentou as taxas de download (para “baixar” os arquivos) e upload (para enviar arquivos), o que proporciona não só uma navegação mais rápida, mas também o envio de arquivos com melhor velocidade.

As conexões mais rápidas (H e H+) são geralmente encontradas nos grandes centros, já as outras, mais antigas e de menor velocidade são acessadas em regiões mais distantes e cidades menores.

Ufa! Que sopa de letrinhas! Espero que tenha ficado mais fácil agora, né?

 Aproveitando: o que você gostaria de fazer com mais velocidade em sua conexão? Comente aí!