Saiba como identificar notícias falsas nas redes sociais

A internet é mesmo uma maravilha, não é? É tão bom poder estar conectado a tudo o que acontece no mundo apenas com um clique! Mas   com grandes poderes vêm grandes responsabilidades (não é mesmo, Homem Aranha? rs), e por isso eu vou te ajudar a aproveitar o máximo da internet sem cair em uma das mais sérias armadilhas dela: as Fake News.

Bom, mas deixa eu te explicar melhor o que é isso, até porque você deve estar ouvindo falar muito nesse termo! Traduzido do inglês, ele quer dizer “Notícias Falsas” e, nos últimos tempos, se tornou uma das maiores preocupações de quem procura se informar em sites, redes sociais e até no WhatsApp.

Então, é preciso ter cuidado! Essas notícias falsas são compartilhadas muitas vezes e acabam influenciando um grande grupo de pessoas. Sabia que já ficou comprovado que uma notícia falsa – ou melhor, uma mentira, né – se espalha até 70% mais rápido pela internet do que uma notícia verdadeira?

E, em situações como em eleições e temas importantes da sociedade, isso pode causar um problemão. Foi exatamente por isso que, em 2016, o termo Fake News se tornou tão conhecido. O então candidato à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, falou tanto sobre a imprensa ter divulgado notícias falsas sobre ele, quanto também foi acusado de ter espalhado mentiras sobre sua oponente, a candidata Hillary Clinton. A quantidade de notícias falsas, divulgadas por redes sociais e sites de procedência duvidosa pode até ter alterado os rumos daquela eleição. Muito sério isso, não é mesmo?

Outro exemplo recente, aqui no Brasil, foi o compartilhamento de conteúdos no WhatsApp sobre supostas reações à vacina contra a febre amarela. Fotos, imagens e até áudios de falsos médicos foram compartilhados por milhões de pessoas com mentiras sobre efeitos adversos do medicamento e fazendo assim com que muitos deixassem de se proteger. Um deserviço, fala a verdade!

Quem tá acompanhando o caso da vereadora Marielle Franco sabe que a moça também, mesmo depois de morta, foi vítima de notícias falsas. A mentira conta que ela foi casada com um traficante e eleita pelo Comando Vermelho. E, mesmo depois de ter sido provado que isso não é verdade, tem muita gente acreditando e o que é pior: compartilhando! 🙁


Esse tipo de propagação de mentiras acaba manipulando a opinião de muitas pessoas, promovendo discursos de ódio e pode até mesmo ser ferramenta para golpes. Por isso, é hora de dar um basta! Para te ajudar, eu vou explicar direitinho como detectar quando uma notícia é “fake”. Vamos começar?

Primeiro, que fonte é essa? – A primeira dica é muito importante: procure saber qual é a fonte da notícia! Quando o site é mais conhecido, as chances de ser uma Fake News são menores, mas ainda assim investigue! Olhe direitinho a página, se está tudo escrito certo, se aquele é o site original, e assim você já está dando um passo na direção certa! E se a notícia veio do grupo de WhatsApp e não tem link, antes de acreditar, procure saber de onde ela veio, tá?

Sem preguiça, leia tudo!A segunda dica é: leia a matéria inteira. Nunca compartilhe uma notícia só pelo título ou pela imagem, tá? Sempre leia tudo até o final, para ter certeza do que ela está dizendo. Aproveita enquanto está lendo pra já ficar de olho e procurar por detalhes importantes no conteúdo. Por exemplo, se ela fala de uma certa pessoa, verifique se na notícia o autor deu alguma informação importante sobre essa pessoa como o cargo que ocupa, há quanto tempo ocupa este cargo, ou detalhes que ajudam a dar credibilidade ao texto.

Quem escreveu isso? – Verificar o autor do texto que deu origem a uma notícia muitas vezes já ajuda a saber que ela tem pouquíssimas chances de ser uma Fake News. Também ajuda a ter uma ideia do que ele ganha com aquele tipo de divulgação. Transparência é a chave!

Faça uma busca no Google – Sabe uma forma bem legal pra saber se uma notícia é falsa ou não? Faz uma pesquisa sobre ela no Google! Você logo vai ver que se for uma notícia falsa, não vai encontrar quase nada sobre o assunto. Quando a notícia é verdadeira ela é veiculada pelos principais meios de comunicação. Eu garanto, é tiro e queda!

Essa notícia é velha? – Cheque a data de toda notícia que ler. É porque, às vezes, pessoas mal intencionadas pegam notícias velhas ou até mesmo que já foram esclarecidas e postam como se fossem novidade.

Valores Morais importam! – Um dos maiores alvos de mentiras na internet geralmente são pessoas que fazem parte de grupos de minoria e que acabam sofrendo preconceito por isso. Sempre que encontrar uma notícia que difama alguma pessoa a partir de fatos baseados na orientação sexual, religiosa ou de gênero, fique atento!

 

Piada pronta – Ah, e fica esperto porque alguns sites, como o Sensacionalista, por exemplo, são voltados para fazer humor, então eles postam somente notícias falsas. Mas, claro, isso não é com o intuito de espalhar mentiras, e sim, de fazer piadas.

Ah, o WhatsApp…Sabia que milhares de golpes são dados no aplicativo através de Fake News? Por exemplo, eles mandam alguma promoção, pedem para as pessoas compartilharem ou enviar dados e se aproveitam disso. Por isso, fique sempre atento e nunca confie em promoções, notícias ou até recomendações médicas

Use as agências de checagem de fatos – Além de ficar atento aos detalhes, você também pode garantir a verdade através de meios comprovadamente confiáveis. Uma dica é o site Aos Fatos que trabalha com a IFN, a mesma rede internacional de checadores de fatos que é parceira do Google, ou a Lupa, a primeira agência de checagem de fatos do Brasil.

Você não está sozinho nessa luta – O assunto é tão sério que as grandes empresas e principais meios de compartilhamento de notícias já estão começando a tomar medidas para tentar evitar que as Fake News se espalhem. O Facebook, por exemplo, já tem um sistema para detectar publicações que são consideradas suspeitas desde o ano passado, e também criou um botãozinho de contexto para ajudar as pessoas a conhecerem melhor o site que está dando certa notícia.

O Google é uma das principais armas para combater as Fake News na internet! Além de servir como uma ferramenta para buscar mais fontes para uma notícia, a empresa está focada em se tornar cada vez mais precisa!

É muita informação, não é mesmo? E todas verdadeiras porque aqui, você pode confiar sempre! Eu espero que, com essas dicas, você entenda como navegar e se informar de forma mais segura pela internet. Isso é super possível, viu?

 

E se você ainda tiver dúvida sobre uma notícia ou fofoca da internet, manda ela aqui pra mim, que eu te ajudo a desvendar, tá?