CPF passa a incluir QR Code em novo modelo

cpf-passa-a-incluir-qr-code-em-novo-modelo

Olha só que notícia importante sobre os novos modelos de CPF!

Gente, a Receita Federal, órgão do Ministério da Fazenda alterou o modelo do CPF (Cadastro de Pessoa Física): os novos documentos passarão a ter, no verso, um QR Code, que é uma espécie de código de barras que pode ser escaneado por celulares e outros dispositivos, sabe?

No próprio site da Receita Federal tem uma explicação sobre o novo modelo de CPF com QR Code, assim como os benefícios que virão com essa mudança, dá uma olhadinha:

Vantagens do CPF com QR code

=> Com a tecnologia do QR Code, a confirmação da autenticidade dos CPFs será muito mais ágil, simples e vai garantir segurança para quem precisa consultar o documento.

=> Mais agilidade para os bancos, empresas públicas e privadas na hora de fazer a confirmação da autenticidade do documento. Até porque, de acordo com o pessoal da Receita Federal, o volume de operações diárias é tão grande que, às vezes, o sistema não dá conta. Com o QR Code, esse processo de confirmação poderá ser feito de maneira rápida e mais efetiva nesses lugares.

=> Gente, olha só que bacana: com a tecnologia implantada no verso do CPF, os dados serão analisados e validados em tempo real com as informações que ficam na base da Receita Federal, ou seja, as chances de fraudes vão diminuir e muito, viu?

Ah! Já ia me esquecendo que as pessoas que são portadoras de alguma deficiência com mais de 18 anos também poderão requerer o novo documento com a ajuda de seus cônjuges, pais, parentes de até terceiro grau ou responsáveis, tá?

Mas, e quanto aos modelos antigos, Lu?

Pode ficar tranquilo!

O pessoal da Receita Federal garantiu que os cartões e comprovantes de CPFs que foram emitidos de acordo com a legislação vigente da época que você solicitou permanecem válidos, tá?

Aliás, se você quiser saber mais sobre esta e outras informações e procedimentos, é só acessar o site da Receita Federal aqui ó: http://idg.receita.fazenda.gov.br/  para esclarecer todas as suas dúvidas 😉

E aí, me conta, o que achou da novidade no modelo do CPF?