Campanha utiliza impressora 3D para mães cegas sentirem bebês no ultrassom

campanha-utiliza-impressora-3d-para-maes-cegas-sentirem-bebes-no-ultrassom-1

Gente, tem notícias que eu adoro publicar aqui no meu blog, principalmente quando elas combinam tecnologia, benefício e muita emoção, como é o caso da Campanha Conhecendo Murilo, da marca Huggies, fabricante de produtos para crianças, que usou impressoras 3D para reproduzir o rosto de bebês ainda no útero de gestantes com deficiência visual. Incrível, hein?

A ideia do projeto é a de proporcionar a mesma emoção que sentem as mães que veem seus filhos pela primeira vez no ultrassom, para as mamães que não enxergam, com a diferença de que ela pode sentir com o toque as características faciais do seu filhinho.

A técnica cria objetos idênticos aos reais com riqueza de detalhes. Além do uso das impressoras, a tecnologia se baseia em outros equipamentos, como o escâner óptico, que transforma imagens bidimensionais, ou seja, em duas dimensões, em arquivos 3D.

Só pra você ter uma ideia, o diretor geral da empresa 3D Systems (América Latina), Luiz Fernando Dompieri explicou que para se obter a impressão da imagem do bebê utilizada na campanha, o arquivo 3D foi criado a partir do ultrassom e produzido por um equipamento que imprime objetos de forma fiel à realidade.

Gente, e é tão impressionante a tecnologia, que dá mesmo para a mãe sentir os detalhes do seu bebê nos contornos do rostinho e da mãozinha, como também dá pra ela ler em braile o que está escrito na placa!

No vídeo abaixo, você vai entender direitinho o que estou te contando. A história é real e mostra toda a alegria da mãe com deficiência visual, que toca seu filho pela primeira vez, ainda no momento do ultrassom. Segura a emoção!

E ai, o que você achou dessa campanha da Huggies?