Bloquear o celular roubado ficou mais fácil. Saiba como!

Bloquear-o-celular-roubado-ficou-mais-fácil

Gente, ter o celular roubado é uma situação muito chata, né? Quando isso acontece, logo a gente corre pra bloquear o aparelho. Antes, só dava pra fazer isso junto às operadoras. E pra funcionar, você tinha de saber o número do IMEI (International Mobile Equipment Identity, na sigla em inglês), o “RG” dos aparelhos. Agora, o processo ficou bem mais fácil. Olha só!

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou que quem tiver seu celular roubado, vai poder pedir o bloqueio do aparelho diretamente em uma delegacia ou junto à operadora, utilizando apenas o número da linha.

Mas, atenção: o pedido de bloqueio em delegacia ainda não está disponível em todo o Brasil, só em alguns Estados como na Bahia, Ceará e Espírito Santo. Segundo a Anatel, em breve será possível fazer o mesmo procedimento junto à Polícia Federal e com as polícias civis de Goiás, Mato Grosso, Rio de Janeiro e São Paulo.

Medidas de precaução

Segundo José Bicalho, superintendente de Planejamento e Regulamentação da Anatel, a medida foi tomada pra agilizar o bloqueio dos celulares roubados, já que nem sempre a pessoa tem o número do IMEI anotado.

Aliás, por precaução, uma dica: se você quiser guardar o IMEI do seu aparelho, basta consultar a caixa do produto, a nota fiscal, ou diretamente no celular, digitando *#06#.

Outra dica bacana: se você for comprar um celular usado, antes, consulte o site www.consultaaparelhoimpedido.com.br. É um ótimo jeito de descobrir se aquele aparelho está bloqueado ou não. Mas, aí, você vai precisar do IMEI, tá?

O que você achou dessa nova medida da Anatel? Conta pra mim!