Android 5.0 vai permitir remover apps de operadora

android-5-0-vai-permitir-remover-apps-de-operadora

Lembra que eu comentei dia desses sobre o novo Android 5.0 Lollipop? Então, parece que vem mais uma novidade por aí para donos de smartphones que não têm Android puro e que ainda são vinculados a operadoras. Quer saber mais? Vem com a Lu!

Ah, antes de eu contar, deixa explicar pra você o que é este Android “puro”. O Android é um sistema operacional de código aberto, isso quer dizer que ele deixa as fabricantes de celulares modificarem livremente a interface antes de vender os aparelhos. Só que existe uma versão que não tem qualquer alteração e por enquanto é usada apenas nos dispositivos da linha Nexus, que são desenvolvidos pelo próprio Google. Essa versão do Android que não passa por mudanças eles chamam de “pura”, ou seja, como saiu dos laboratórios do Google.

A ideia do Android 5.0 é que o usuário tenha total liberdade para escolher o que manter no aparelho, dando a ele o controle sobre o que ocupa espaço na memória, sabe? Para os dois vice-presidentes do Google, o novo sistema vai facilitar a remoção de aplicativos pré-instalados nos celulares, tratando eles como outro qualquer que o dono do aparelho pode baixar e deletar hoje em dia.

Como vai funcionar? Os aplicativos de operadoras de telefonia do Brasil vão continuar a ser pré-instalados nos smartphones, mas só permanecerão se o cliente quiser. Resumo da ópera: os programas não vão mais ser instalados numa partição do sistema do Android, e sim em partes da memória que você vai poder alterar e escolher se esses apps ficam ou não no aparelho. Legal, né?

Ahh, apesar de o Google ter confirmado o suporte para esse recurso, ainda não está muito claro se vai ter algum tipo de acordo prévio com operadoras para fazer tudo funcionar, sabe?

Pelo que eu li, ainda não se sabe os smartphones com versões anteriores do Android vão poder aproveitar a vantagem quando forem atualizados para o 5.0. Mas assim que souber de alguma coisa mais confirmada sobre o assunto, eu venho aqui no blog contar pra você, tá?

O que você achou dessa nova possibilidade do Android 5.0?